1503100560_maxresdefault.jpg

Arquivo N – Humor na TV



“Faça humor, não faça guerra” foi um programa que fez história na televisão brasileira. A dupla Jô Soares e Renato Corte Real era imbatível. Os textos desses profissionais que faziam humor nos anos de 1970 e 1980 eram simples, mas de uma criatividade primorosa. Quem não deu risadas com Chico Anísio, Golias, Paulo Silvino, Paulo Gracindo, Agildo Ribeiro, José Vasconcelos? São tantos nomes, tanto artistas que inspiraram a soltar boas e gostosas risadas. Ao contrário do que todo mundo pensa, humor é coisa muito séria.

A atriz Marisa Orth diz que para ela o humor é um prazer da inteligência. “Acho que o humor é inerente, acho que quanto mais o cérebro caminha, mais engraçadas as coisas ficam”, conta.

Para o humorista Renato Aragão, humor é “fazer cócegas na seriedade dos outros.”

Se antes era mais difícil para as mulheres fazerem humor, a atriz Ingrid Guimarães conta: “Teve a geração que abriu para a gente as portas, Consuelo Leandro, Dercy Gonçalves.” E Lúcio Mauro Filho completa. “A gente tem esse fenômeno que foi a Dercy, que atravessou o tempo fazendo piada, sendo uma mulher respeitada no que ela fazia, escrachando do jeito que ela escrachava. Dercy formou gerações de humor”, avalia o ator.

Jô Soares, que ao longo dos programas “Faça humor, não faça guerra”, “Satiricom”, “Planeta dos homens” e “Viva o gordo”, criou quase 300 personagens, responde se acha difícil fazer rir: “Eu não sei, porque para mim é uma coisa natural. Mas fazer disso uma profissão é que é difícil, porque não é só a intuição ou o jeito, você também tem que trabalhar em cima disso”, diz o apresentador.

Galã, vampiro, jornalista, malandro, político, professor, profeta, pai de santo. Quantas vidas cabem em um Chico só. Francisco Anysio de Oliveira criou exatos 209 personagens ao longo de sua carreira. Mas o gênio da comédia é humilde. “Mas eu não sou nem gênio, nem divino, nem nada sobrenatural, eu sou apenas um comediante que tem passaporte livre pra todas as fantasias”, conta Chico.

Loading Facebook Comments ...
0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *